Banco CTT abre as portas em 52 lojas

17 de março, 2016

O Banco CTT abre as portas amanhã, 18 de março de 2016, em todo o país pelas 9h00, em 52 lojas de forma simultânea e com uma forte presença nos canais digitais, através do serviço Homebanking e da App Banco CTT, disponível em IOS e Android. Adicionalmente, será ainda disponibilizada uma linha telefónica de apoio através do 707 288 282. Concretiza-se assim um ambicioso projeto com dois anos, mas que está apenas no seu início.

Pelas 9h30, o presidente e CEO dos CTT, Francisco de Lacerda, visitará a Loja CTT dos Restauradores em Lisboa para acompanhar o início da operação. O mesmo sucederá, à mesma hora, na Loja CTT do Município, no Porto, onde estará o CEO do Banco CTT, Luís Pereira Coutinho.

Por todo o país, mais de 500 colaboradores das Lojas CTT estarão a postos. Passaram os últimos meses em ações de formação, em articulação com o Instituto de Formação Bancária, que os tornaram habilitados também a prestar serviços bancários.

Em cada uma das Lojas CTT selecionadas, os clientes passam a encontrar áreas dedicadas ao Banco CTT, devidamente sinalizadas e onde serão prestados os serviços bancários.

O Banco CTT inicia a sua operação com uma oferta simples e competitiva, assente numa conta para o dia a dia a zero euros: zero euros de comissão de manutenção, zero euros na anuidade de um cartão de débito e zero euros nas transferências nos canais digitais, sobre a qual o cliente pode acrescentar serviços.

Para quem quiser associar a sua conta Banco CTT ao seu ordenado ou à sua pensão, terá a possibilidade de aceder a um descoberto autorizado.

E quem quiser poupar pode até escolher o prazo do seu depósito a prazo: entre um mês a um ano o cliente é que escolhe. E a taxa de juro é só uma: 0,5%. Sem asteriscos, nem complicações. 

Para os mais novos, o Banco CTT oferece uma Conta Júnior que pode ser aberta com apenas 25 euros e, claro, com zero custos de manutenção.

Ainda este ano, complementará a sua oferta, nomeadamente com a disponibilização de soluções de crédito à habitação.

O Banco CTT é a evolução natural do negócio de serviços financeiros já prestados pelos CTT, assente numa proposta de valor de simplicidade, transparência e proximidade. E é por isso que o Banco CTT inicia a sua operação em todo o país e prevê vir a ter em breve uma das mais densas redes bancárias do país, com propostas de baixo custo, indo ao encontro da vontade dos portugueses.

Para Francisco de Lacerda, presidente e CEO dos CTT, “O Banco CTT reforça um dos motores de desenvolvimento dos CTT, o dos serviços financeiros, apresenta ao mercado uma proposta atrativa e em linha com a identidade da empresa e consubstancia uma lógica de geração de valor acionista e diversificação do negócio”.

Para Luís Pereira Coutinho, CEO do Banco CTT, “O nosso objetivo é devolver às pessoas um relacionamento com o seu banco assente naquilo que é realmente necessário. O Banco CTT está onde estão as pessoas e tem uma presença digital muito forte, com tecnologias de homebanking e aplicações móveis de última geração”.

O Banco CTT traz também um novo rosto às Lojas CTT onde está presente. Além de toda a sinalética e do mobiliário, os colaboradores CTT irão também apresentar-se com um novo vestuário, mais sóbrio e moderno, e que será, gradualmente, estendido a toda a rede de lojas à medida que se concretize o plano de expansão de agências Banco CTT.