Mudança de Crédito

Header_Transferencias_campanha

Transferencias_TAEG

Mude o crédito habitação para o Banco CTT e pagamos a sua transferência.

oferta_transferencias_ch

Oferta promocional válida para transferências formalizadas até 30 de junho de 2022. Nas situações em que o crédito não seja formalizado haverá lugar à cobrança das comissões de acordo com o preçário em vigor.

(1) Oferta aplicável para transferências formalizadas em modelo de documento complementar autenticado (DPA).

Principais características para transferências de crédito habitação:

1. Spread competitivo na subscrição de produtos Banco CTT:  

  • Seguro Vida Habitação
  • Seguro Multirriscos Habitação 
  • Domiciliação de ordenado numa conta à ordem Banco CTT sem custos de manutenção (com montante mínimo de abertura de 100€)

2. Nos restantes casos aplica-se um spread base desde 1,70% 

3.  Válido para transferências de crédito habitação a partir de 25.000€, no caso do Crédito Hipotecário Complementar o montante mínimo para transferência é de 50.000€ (para o somatório entre o Crédito Habitação Principal e o Crédito Complementar)

Exemplo de uma transferência de Crédito Habitação para o Banco CTT:

A Marta transferiu o seu crédito para o Banco CTT, baixou a prestação da sua casa, conseguindo uma poupança anual de 463,08€:

  • A Marta tinha um crédito habitação de 170.000€ noutro banco, com um prazo de 30 anos e um spread de 1,6%. Por mês, pagava 556,44€ de prestação.
  • Ao transferir o seu crédito habitação para o Banco CTT a Marta viu o seu spread reduzido para 1,1%, com uma nova prestação de 517,85€. Assim  vai poupar 38,59€ todos os meses, o que representa uma poupança anual de 463,08€.
  • Ao final de 30 anos de prazo de vigência do contrato, a Marta terá poupado 13.892,40€ de juros.

Nota: O cenário de simulação considera a Euribor a 12 meses de outubro de 2021, arredondada à milésima, de -0,477%.

Melhore a prestação do seu crédito. Venha falar connosco e conheça a proposta que temos para si. Visite-nos numa Loja Banco CTT ou faça a sua simulação aqui

Com spread base: TAEG de 1,7%. Exemplo para um Crédito à Habitação com garantia hipotecária de 170 000€ a 30 anos, com Taxa de Juro Variável (TAN) de 1,198% (composta pela Euribor a 12 meses de dezembro de 2021, arredondada à milésima, de -0,502%, acrescida de um spread de 1,7% reembolsável em 360 prestações mensais no montante mensal de 562,39€, para titular com 30 anos e rácio financiamento /garantia de 65%. Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC) de 217 639,45€ (correspondente à soma do montante total do crédito e do custo total do crédito para o consumidor de 47 639,45€ o qual inclui juros, custos com comissões e despesas iniciais de 941,8€ (impostos incluídos), prémio mensal médio do seguro vida de 13,62€ e prémio mensal do seguro multirriscos de 23,08€. TAEG calculada de acordo com o Decreto-lei n.º 74-A/2017 de 23 de junho. A taxa de juro aplicada pode assumir valores negativos em função da evolução do respetivo indexante.
Com spread contratado: TAEG de 1,1%. Exemplo para um Crédito à Habitação com garantia hipotecária de 170 000€ a 30 anos, com Taxa de Juro Variável (TAN) de 0,598% (composta pela Euribor a 12 meses de dezembro de 2021, arredondada à milésima, de -0,502%, acrescida de um spread de 1,1% reembolsável em 360 prestações mensais no montante mensal de 515,96€, para titular com 30 anos e rácio financiamento /garantia de 65%. Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC) de 200 679,26€ (correspondente à soma do montante total do crédito e do custo total do crédito para o consumidor de 30 679,26€ o qual inclui juros, custos com comissões e despesas iniciais de 941,8€ (impostos incluídos), prémio mensal médio do seguro vida de 13,62€ e prémio mensal do seguro multirriscos de 23,08€. TAEG calculada de acordo com o Decreto-lei n.º 74-A/2017 de 23 de junho. A taxa de juro aplicada pode assumir valores negativos em função da evolução do respetivo indexante.